Bayard Demaria Boiteux (1916 - 2004)

NA ESCOLA, TAL COMO NO MUNDO, TODOS SOMOS PROFESSORES E TODOS SOMOS ALUNOS.
(Faculdade Economia Porto)

segunda-feira, dezembro 09, 2013

Tentativa de Golpe de Estado no Agrupamento de escolas de Alberto Sampaio de Braga...

Parece uma ironia do destino, que 39 anos do 25 de Abril, ainda haja pessoal, com vícios do Estado Caduco.
O democrático socialista, apoiante e membro da comissão de honra do candidato do PS à CMB, o presidente da comissão administrativa provisória, tem patrocionado, diversas ações, para que possa um dia ser nomeado diretor do Agrupamento de Escolas de Alberto Sampaio (???).

Com a Cumpliciodade ativa do Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio e com a eventual anuência do Ministro da  Educação (?), Nuno Crato, o presidente do agrupamento,  tudo tem feito para ganhar o direito ao Tacho.
Segundo as más línguas, do burgo, o corpo de intervenção já se encontra de plantão tal como o regimento de cavalaria, não para reporem a legalidade, mas para evitar que as ilegalidades sejam postas em causa.

Dos 7 professores com assento no Conselho Geral Transitório, a lista que o apoia, só teve direito a 1 lugar; do pessoal não docente, também só leva mais 1 apoiante e a oposição ficou com o outro voto; da parte dos alunos, recebeu 0/1 votos; dos representantes dos papás, talvez consiga obter 3/4 fãs; dos 3 lugares indicados pela autarquia, a adjunta, fã do actual edil, conseguiu arranjar os aliados adequados.

Mas, o problema reside no facto de a designação do diretor depender de maioria absoluta de votos (11 votos em 21) e o nosso Heil se encontrar à beira da vitória ou do abismo.
Desta forma, o presidente da comissão administrativa provisória, decidiu à revelia (quiçá com a demissão compulsiva) do actual Coordenador (inerência regulamentar) do processo do Conselho Geral Transitório, convocar os actuais detentores do assento, no referido órgão, para uma reunião ilegal, de forma a pressioná-los, na concordância dos elementos a serem convidados enquanto elementos cooptados e que sabe lhe serem fiéis.

Assim, o presidente da comissão administrativa provisória do Agrupamento de Escolas Alberto Sampaio, pretende também ser presidente do Conselho Geral do respetivo agrupamento de Escolas Alberto Sampaio, de forma a ser designado Diretor do Agrupamento de Escolas Alberto Sampaio.
E se o Presidente da República decidir demitir o Presidente da Comissão Europeia e acumular as duas funções, estaremos perante um acto legal ou ilegal?

O presidente da comissão administrativa provisória terá, hoje, em princípio, apenas 9 votos no Conselho Geral Transitório, dos 18 já incorporados e necessita de mais dois, como por exemplo, o da Associação de jogadores de Berlindes de Nogueira, o da Associação dos Amigos da freguesia de Nogueira, o da Associação dos amigos da EB2/3 de Nogueira, et., etc.

Os heróis democráticos do actual presidente da comissão administrativa provisória, não incluirão Mário Soares ou Nelson Mandela, mas talvez o Robert Mugabe do Zimbabwe, o Viktor Yanukovytch da Ucrânia ou  o Alexander Lukashenko da Bielorússia, etc.

Nenhum comentário: